quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Cultura e Meio Ambiente

O Instituto Baleia Jubarte em mais um ano de atuação visitou a nossa Casa distribuindo cartilhas educativas, fazendo aulas de educação ambiental com a garotada e realizando passeios de observação às baleias.



Verdade que não é um passeio que qualquer um se saia bem (enjôos são freqüentes com algumas pessoas)... mas que vale a pena conhecer o alto mar, as paisagens de lá e as imensas baleias com seus filhotes... isso vale...

A baleia jubarte (Megaptera novaeangliae), também chamada baleia corcunda ou preta, pertence a família Balaenopteridae e é conhecida por seu temperamen
to dócil, pelas acrobacias que realiza (saltos, exposição de cabeça e nadadeiras, etc.) e por um desenvolvido sistema de vocalização.

Uma característica marcante da espécie são as nadadeiras peitorais extremamente longas, que atingem quase 1/3 do comprimento total do corpo. As fêmeas, um pouco maiores que os machos, podem alcançar 16 m de comprimento e pesar 40 toneladas. Quando em fuga deslocam-se a velocidades de até 27 km/h.

As jubartes realizam migrações sazonais entre áreas de alimentação em altas latitudes, e área de reprodução e cria em regiões tropicais.

Nos meses de julho a novembro, estas baleias procuram as águas quentes e tranquilas de abrolhos até a Praia do forte para reprodução e cuidado com seus filhotes.

A caça indiscriminada reduziu drasticamente quase todas as populações de baleias do planeta. As baleias jubarte, cuja população mundial antes da caça era cerca de 150.000 indivíduos, hoje está estimada em quase 25.000 baleias distribuídas em todos os oceanos. Elas se encontram na Lista Ofícial de Espécies Ameaçadas de Extinção do IBAMA.

Nenhum comentário: