domingo, 28 de outubro de 2018

CBI MOBILIZA E REALIZA O XVII CARURU DE IBEJI E AS PEDAGOGINGAS COMEMORANDO 30 ANOS DE RESISTÊNCIA



Mukuiu! Motumbá! Kolofé! Awrê! A bênção aos mais velhos e aos mais novos!!!

É com muita satisfação que saudamos as nossas divindades em agradecimento pela realização do XVII Caruru de Ibeji e as Pedagogingas, nosso grande encontro que vem sendo construído com ações comunitárias reais em colaboração com o povo afro indígena organizado em várias frentes. Mais que um evento, trata-se de um movimento, uma ação que não se inicia e não se encerra em si mesma, mas reúne forças para o projeto de vida que é a nossa emancipação, autodeterminação e soberania enquanto povo.

O tema ‘‘30 anos da Casa do Boneco: da desfolclorização à Escola do Tambor’’ trouxe o foco dessa edição para a trajetória da CBI enquanto organização autônoma, visando reconhecer esse legado perante à comunidade afro indígena, e também empoderar instituições mais jovens a seguirem firmes em seus propósitos. Também traz como marco desses 30 anos a consolidação da Escola do Tambor, importante passo para o reconhecimento das Pedagogingas como modelo de prática educativa antirracista, reparadora e empoderadora.
O encontro reuniu mestres, lideranças, artistas, educadores, estudantes, escolas, universidades, organizações comunitárias, militantes durante cinco dias intensos de atividades, contemplando diversos segmentos e linguagens: oficinas, brinquedoteca, djumbais (rodas de conversa), painéis, cineclube, sarau, teatro, culminando no Cortejo Afro com a celebração do Caruru de Ibeji servido para toda a comunidade.
Em tempos de tamanha hostilidade incitada pelo segmento político fascista, que soma forças no processo eleitoral para a presidência do Brasil e protagoniza violências em todo território contra o povo negro, quilombola, indígena, mulheres, LGBT’s, pobres e tudo aquilo que foge ao padrão homem-branco-cis-hetero-cristão-rico, estarmos juntos nos fortalecendo é de extrema necessidade e importância para nossa existência. Sabemos que esse segmento político representa os interesses do colonizador, que não aceita nos ver fora da condição de escravo, mas somos QUILOMBOLAS, a escravidão não nos cabe, rejeitamos, fugimos, tocamos fogo na casa grande e retomamos o que é nosso por direito. Estamos lutando com educação, arte e cultura, há 30 anos!
Vamos a um breve resumo do que aconteceu nos cinco dias do encontro:

OFICINAS

Saiba mais detalhes sobre cada oficina aqui!

Confecção de Abayomi - Preta Ashanti (CBI)


Estética Afro - Dani Jêje (CBI)


Construção de Mini Tambores - Hugo Xoroquê (CBI)


Rimas - Jahsco M2


Dança Afro Contemporânea - Paco Gomes

Rádio e TV Web - Mil Onilètó

Escrita Criativa - Fabiana Lima (Slam das Minas BA)


Confecção de Bonecos - Adriana Rosário

Manipulação de Bonecos - Mestre Elias Bonfim

Restauração de tambores - Kinho Percussionista

Arte Circense - Márcio Bob

Graffiti - Coletivo MUSAS e Jahsco M2


Contação de História e Fanzine - Meire Cazumbá e Juliana Dias

Toques Afro Religiosos - Tata Marinho Rodrigues (Terreiro Matamba Tombenci Neto)



Defesa Pessoal – Mestra Monique Sé e Instrutor Reinan Victor (Academina Sé Team), Mil Onilètó e Círio Reis


Confecção de Caxixi - Ary da Paz 


Breakdance - Makito e Philipe Estevão


Culinária Afro - Mestre Jorge Rasta 




DJUMBAIS
Djumbai Bases e Difusão do Pan Africanismo - mais detalhes aqui

Hamilton Borges, Mestre Jorge Rasta e fábio Mandingo

 Mestre Elias Bonfim, Antonio Godi, Paco Gomes, Hamilton Borges e Mestre Jorge Rasta 


Djumbai Painel de Projetos Pedagógicos Afrocentrados - mais detalhes aqui

 Jéssica Brandão e Ingrid Ellen ( Escola Winnie Mandela; Flávia Alessandra (PROEX - UESC); Vivianne Aguiar e Naiara Santos ( Escolinha Maria Felipa ). Mameto Kafurengá (Escola Bantu-indígena Caxuté) 



BRINQUEDOTECA
Colaboradores:  Lala, Gabriela, Ingrid, Joice, Ntu, Natália, Thainnah, Mar, Isabela, Ariana

















CINE QUILOMBOLA
Documentários: Poesia Preta (Carla Candace e Suama Akoni), A Volta da Jiboia (Nátali Yamas), Respeite Meu Axé (Suama Akoni), Ajeum Ajeumbó (CBI), Torcida Fiel - Estado Traidor (Giovane Sobrevivente). Curtas: Onã e Seres (Rodrigo Mendes)

















Painel Fotográfico ''História das Pedagogingas'' - Fafá Araújo 
O fotógrafo, pedagogo e parceiro da CBI Fafá Araújo apresentou parte do acervo de imagens que o mesmo vem fazendo do Caruru de Ibeji e as Pedagogingas desde 2012




NOITE CULTURAL
Poesia: Negafya, Negus Jorge, Lori Mafoany e Yamas (PPMP), Rita Pinheiro, Makito e Mara Mukami. Música: Bruno Congo, Coletivo Roupa Suja. 


















TEATRO
Pré estreia da peça ''Contos de Azeviche'' - Escola de Teatro da UFBA
















FEIRA DE ECONOMIA SOLIDÁRIA
Participantes: Casa do Boneco, Comunidade Terreiro Caxuté, Jinsaba Agroecologia, Aline e Crex, Igbo Cura das Matas, Auêra (Comida a base de PANCS)


















CORTEJO E CARURU




















Vídeo produzido por Giovane Sobrevivente - Coisa Forte Produções

CONFIRAM MAIS FOTOS EM NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK:

PARTE I - https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1041359199358683&type=1&l=0a667d0c9b 

PARTE II - https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1041926759301927&type=1&l=f8fe7bf38c


AGRADECIMENTOS

ORGANIZAÇÃO CBI
Mestre Jorge Rasta
Ashanti
Okinka Nana
Juscely Magalhães
Hugo Xoroquê
Dani Jêje
Nátali Yamas
Suama Akoni
Ronaldo Eli
Cumpade
Lori Mafoany
Orunmilá
Aiyê Bomani
Círio Reis
Alafin
Jomária Soledade
Negus Jorge
Isabelle Reis
Juiu Costa
Bigode O Sapo

COLETIVOS E PESSOAS ENVOLVID@S:

UNILAB - Campus Malês (São Francisco do Conde)
Teia dos Povos
UFRB – Campus Amargosa
Movimento Luta Camponesa
Coletivo Resistência Poética
MUSAS / Nova 10Ordem
Biblioteca Comunitária Zeferina Beiru
Mamulengos da Bahia
JACA - Juventude Ativista de Cajazeiras
UFBA – Campus Ondina
UFSB - Campus Itabuna
Comunidade Terreiro Caxuté
Dona Joca - Comunidade Quilombola D. João (São Francisco do Conde)
Coletivo Roupa Suja
Matiiilha
Gaia - UFRB Cruz das Almas
Assentamento Terra Vista
Ilê Axé Omin Ogunté
Organização Reaja ou Será Mort@
Escola Winnie Mandela
Rita Pinheiro - Garimpeira da Cultura
IF Baiano – Campus Uruçuca
Slam das Minas BA
Escolinha Maria Felipa
Coisa Forte Produções
UNIRAAM
Un’zo Matamba Tombenci Neto
Rita Barreto
Fabrício Brito
Josias Pires
Antônio Godi
Thiago Lapera
Sayô Adinkra



APOIO 
Secretaria Municipal Cultura - Prefeitura Municipal de Itacaré
Muinda
IF Baiano – Campus Uruçuca
SINASEFE
SINDAE
Sílvio Humberto
MUSAS
Guilherme Araújo
Irmandade Malês
Aline Mimoso
Pousada Crystal
Pousada Itacaré
Casa Jorge Amado
Pousada Billabong
Hostel Banana’s
Pousada Odoyá
Pousada Encantos da Mata
Biblioteca Comunitária Zeferina Beiru
UFBA – Campus Ondina
Professor Nilo Rosa
Terreiro Vintém de Prata
Juliana Dias
Breno Teixeira
Tinton Andrade
Erahsto Felício
Mª Aparecida Mesquita
Wesllen Celestino
Danúsia Lago
Aline Nzinga
Ass. Portal da Arte

COBERTURA COLABORATIVA:

Fafá Araújo
Adelvan Abantu
Rodrigo Mendes
Rodrigo Santos
Bob
Natalyne
Kleber SP
Coisa Forte Produções


Que a coragem dos nossos ancestrais sejam incorporadas em cada um de nós, seus descendentes, que a alegria dos nossos erês nunca nos deixe faltar doçura e sorrisos, que a sabedoria dos mais velhos sejam sempre nosso ponto de referência, que o alimento sagrado do Caruru nos forneça a força necessária para seguir lutando, pois quem mela a mão e prova do dendê não provará o sabor da derrota pelo mão do inimigo. Nos vemos ano que vem no XVIII Caruru de Ibeji e as Pedagogingas, e ao longo de todo ano em nossas ações!

Axé!!!
Nzambie nua kwatesa!!!