sábado, 15 de junho de 2019

XVIII CARURU DE IBEJI E AS PEDAGOGINGAS - DE 25 A 29 de Setembro de 2019




ORUN AIYÊ - ANCESTRALIDADE É VIDA


                                                                                                 


O projeto colonial, racista e genocida que segue em curso expõe as vidas negras e indígenas a condições de constante vulnerabilidade e negação de existência, tanto do ponto de vista físico quanto simbólico, a estrutura do Estado brasileiro historicamente constituiu-se da escravização de povos, extermínio, apagamento de culturas e todo tipo de violências colonialistas de supremacia eurocêntrica. Os altos índices de homicídios, violência policial e encarceramento em massa, epistemicídio, desigualdades no acesso a políticas de saúde, educação, trabalho e renda, feminicídio, lgbtfobia, adoecimento psicológico, negação do acesso à terra, são alguns indicativos da atual face do GENOCÍDIO que impede e inviabiliza a vida dos povos tradicionais nesse território. 


Ao retomarmos a história e o legado cultural de descendência afrikana, berço da humanidade e do conhecimento, percebemos que está em nossa ANCESTRALIDADE o caminho para a superação dos traumas impostos pelo colonialismo. Carregamos a herança dos povos que criaram e desenvolveram diversas tecnologias nos campos da filosofia, medicina, matemática, agricultura, engenharia, espiritualidade, sistemas simbólicos, organização políticas e sociais, saberes expropriados e deturpados pelo eurocentrismo capitalista, mas registrado em nossa memória ancestral. Voltar-se para a ancestralidade afrikana é uma possibilidade de (re)encontro com uma matriz energética essencial para nossa sobrevivência em um mundo que nos nega a humanidade. 



  



A dualidade ORUN - AIYÊ nos ensina que não há separação entre o mundo material (dos humanos) e o mundo espiritual (dos ancestrais), ambos coexistem no mesmo espaço influenciando em todos os aspectos da nossa vida. Ancestralidade também não remete a algo que já morreu ou está no passado, é circularidade entre passado, presente e futuro, é o ciclo da vida, o mais velho que já foi mais novo e mais novo que também é mais velho, é a continuidade. A filosofia do adinkra sankofa também nos mostra que nunca é tarde para voltar e pegar o que ficou pra trás, para se encontrar no presente e seguir em direção ao futuro.






É movida por esse espírito que a Casa do Boneco de Itacaré convoca a todxs para o nosso grande encontro, o XVIII CARURU DE IBEJI E AS PEDAGOGINGAS, de 25 a 29 de setembro de 2019. Com o tema ‘‘Orun - Aiyê: ancestralidade é vida’’ queremos pautar saberes e tecnologias ancestrais que possibilitem melhores condições de vida para o nosso povo e para as próximas gerações, buscando soluções em nossas práticas tradicionais para os problemas implantados pelo racismo capitalista e cis-hetero-patriarcal. Convocamos homens, mulheres, lgbts, crianças, mais velhos, juventude, pesquisadores, ativistas, educadores, griots, para que respeitando nossas especificidades enquanto povo trilhemos caminhos de reconstrução, prosperidade, saúde e desenvolvimento comunitário.


O encontro/vivência agrega diversas linguagens e formas de compartilhamento de conhecimento, é um espaço realizado de maneira totalmente autônoma e de insurreição afrodescendente, construído e mantido por uma organização comunitária em rede de parcerias. Abordagens como afrocentricidade, empreendedorismo, medicinas ancestrais, alimentação natural, gênero, produção cultural, organização política terão a ancestralidade como eixo condutor de discussões e ações em nossa 18º edição, que culmina na celebração para os orixás Ibeji com o tradicional caruru, em agradecimento pela vida e continuidade dos ciclos representada na pureza e alegria das crianças, nossa certeza do amanhã!





O QUE : XVIII Caruru de Ibeji e as Pedagogingas
TEMA : Orun - Aiyê: ancestralidade é vida
QUANDO : De 25 a 29 de setembro de 2019
ONDE : Sede da Casa do Boneco de Itacaré


  • Inscrições abertas, clique aqui para saber como participar ( Leaiam as intruções com atenção !)
  • Contribua com nossa Vakinha online. O valor irá custear a estrutura básica necessária para realização autônoma do evento.


INSTAGRAM : @casadoboneco.itacare
FACEBOOK Casa do Boneco - Quilombo D'Oiti
E-MAIL : caruru.pedagogingas@gmail.com
BLOG : casadoboneco.blogspot.com