sábado, 2 de fevereiro de 2013

Ori



O que será que ela traz na cabeça?
Um balde de roupas?
Um turbante elegante?
Um cesto ou um balaio?

Ela traz na cabeça unção!

É uma ternura, uma meiguice
É um turbante elegante
Um balaio, um cesto

Ela traz na cabeça unção!

A força, o ori, um torço
Um poema de libertação
Ela vem mais do que faceira
Sorrateira, gingadeira
Ela vem por inteiro
Traz na cabeça unção.

Elizandra Souza # Águas da cabaça #2012
Foto: Janaína Teodoro.

Nenhum comentário: