sexta-feira, 14 de maio de 2010

Projeto de Multiculturalismo da UESC realiza seminário interno - Comunidades Indígenas e Quilombolas: diálogos e possibilidades de ação.


Mesa de debatedores

Comunicação de Nega Jêje
Ritual Tupinambá
Samba de Bumbo - Quilombo de Nova Canãa

O Projeto de Extensão denominado “Educação e Multiculturalismo: formação para a diversidade”, desenvolvido por um grupo de professores do Departamento de Ciências da Educação, coordenado pela prof. Rachel Queiroz, realizou no dia 11 de maio na UESC um seminário interno com o objetivo de reunir estudiosos e lideranças das comunidades indígenas e quilombolas para dialogar sobre identidade cultural, políticas educacionais e de ações afirmativas, destinadas às duas etnias. O evento reuniu representações da Casa do Boneco de Itacaré, aldeia tupinambá de Olivença e pataxó de Coroa Vermelha e quilombolas de Nova Canãa da comunidade da Lagoinha que debateram com estudantes e professores da universidade sobre a realidade dessas comunidades que a universidade e a sociedade não conhecem nem tratam devidamente, além de refletir ações pedagógicas que interfiram no currículo escolar combatendo abordagens que folclorizam e tratam apenas do exótico dessas comunidades.
Os temas "a história calada" e " a naturalização do racismo" também estiveram no centro das discussões que não se esgotaram, gerando o indicativo de dar continuidade ao doiálogo em breve.
O evento também, foi uma oportunidade de aproximar essas comunidades da universidade, divulgar a Rede Mocambos e incentivar o ingresso dessas comunidades no ensino superior.


Nenhum comentário: